Tribunal decretou providência cautelar para evitar que a Apple removesse jogos com o Unreal Engine da sua loja.

 

Apesar de o caso da Epic Games contra a Apple só ir a julgamento para o ano, acabou de ser decretada uma medida provisória contra a gigante americana: a Apple está proibida de remover jogos que utilizem o Unreal Engine (motor de jogo proprietário da Epic) da sua loja.

 

Ainda que a Epic esteja proibida de publicar jogos na App Store, os jogos que utilizem o motor de jogo da Epic não estão proibidos — apesar das tentativas da Apple. A juíza norte-americana encarregue do caso considerou que a motivação da proibição do Unreal Engine era retaliatória e proibiu a Apple de tomar medidas contra os criadores que utilizem o Unreal Engine.

 

A Apple não contestou as medidas preventivas, mas argumentou que já tinha removido contas e ferramentas associadas com outros criadores no passado e que só se estavam a prejudicar a si próprios.

 

No entanto os argumentos da Apple não foram suficientes, e as medidas ficarão impostas até o caso ir a julgamento. O julgamento está marcado para 3 de maio de 2021, mas existirá um pré-julgamento a 19 de outubro. Por enquanto, o Fortnite continua banido da App Store.